segunda-feira, 28 de abril de 2014

Fim.



Têm vezes que tudo fica confuso.
O que é verdade passa ser mentira.
O que é grande passa ser pequeno.
E o que é começo passa ser 
fim.

Patrícia Rocha




terça-feira, 22 de abril de 2014

Em construção...



Eu ainda sou essa poesia que rima e (des) rima.
Que faz prosa, só pra caber na tua fala.
Me faço e refaço, basta ser papel em branco a me tocar.
Sou poesia inacabada, esperando construção.
Sou pontuação, sou reflexo do que leio.
Ás vezes sou repetição.

Mas, de tudo que sou, gosto de ser vento, daqueles que sopra pra longe qualquer aflição.

Patrícia Rocha


 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo