sábado, 18 de agosto de 2012

A menina dos quatro ventos....


Ventava ao norte, sorria ao sul, brilhava a oeste e renovava-se ao leste.
Vinha de grandes tempestades e amanhecia de noites serenas.
Tinha um brilho do sol e brancura da lua.
Respirava a beleza das palavras e as tecia pelo tempo.
Ganhava da vida toda pintada de flor, sendo assim ela perfumava os dias, exalando amor.

E Perdia-se, por se achar demais, envolvida em suas linhas mal traçadas, escritas nas folhas das árvores, só esperando que o próximo vento a levasse.

Patrícia Rocha


terça-feira, 14 de agosto de 2012

Este dia não existiu...

Este dia não existiu
Foi música e acabou
Foi p'ra quem ouviu.

Este outro terminou
Antes da música
Que alguém pediu.

Eu vi um dos nossos dias
Passageiro e esculpido
Nos cavalos e anjos
Das nuvens de um dia frio.

Thiago Oliveira



Ps: Conheci o Thiago, poetizando pelas ruas do Centro do Rio.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Ando...


Ando te maldizendo
Em cada beijo dado ao vento
Em cada saudade tão pesada
Em cada noite mal dormida
Em cada música que toca a gente
Em cada passo dado, sozinha

Ando me refazendo
Em cada poema escrito
Em cada lágrima afogada

E ando te esquecendo...
Cada vez que me esforço para lembrar, de como era seu sorriso.

Patrícia Rocha


 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo