sexta-feira, 6 de abril de 2012

Em que momento o amor se desfaz, desaparece?


"... Não me imaginava colocando alguém no teu lugar, formando um par comigo. Antes disso, eu precisa entender como é que se diz para um homem "eu te amo" com tanta transparência, com tanta integridade, e depois se transfere essa frase para outro destinatário, com a justificativa de que isso é apenas o curso natural dos acontecimentos.
Em que momento o amor se desfaz, desaparece? ..."

Martha Medeiros - Trecho do livro Fora de mim.


9 Estão no mundo da lua:

Nara Sales disse...

Incógnita. Mais uma vez, a Marthinha nos colocando no extremo numa pergunta aparentemente simples.

Christian V. Louis disse...

Amor, amizade, coisas que parecem ter sido tão fortes em nossas vidas, simplesmente se desfazem. Eu até escrevi um post mais ou menos sobre este assunto no Lisérgicos chamado: Será a indiferença o oposto do amor?
Onde tudo termina e se torna indiferente, no meio do caminho, por vezes, sem ao menos percebermos?

Patrícia Rocha disse...

Nara

Estou lendo e relendo esse livro, e acho fantástico como ela descreve cada fase do fim desse amor... claro não existe resposta... é uma incógnita... mas dá uma certa paz, saber que a dor passa.

Beijo Flor! =)

Patrícia Rocha disse...

Christian

É verdade, isso é algo sem explicação.
Vou passar lá no blog, para ler seu texto.
Esse livro da Martha Medeiros é ótimo, recomendo, não tira nossas dúvidas, mas acalma o coração!

Beijo grande =)

Lufe disse...

Patricia querida,

A vida nos traz a constatação de que o amor não é unico e ainda bem que é renovável.Explicar a entrega de sentimentos a alguem, de uma forma transparente e sincera como se fosse unica, infinita e depois transferir este sentimento de forma renovada a outra, é impossivel.
Essa ambiguidade é que o faz tão prazeroso.

bjocas procê

Iasmin Cruz disse...

Como saber o mistério do amor?
Amor é assim, belo porém complexo e que nao pode ser entendido.

Gostei daqui, seguindo.
http://iasmincruz.blogspot.com.br/

wanessinha disse...

Uma feliz e deliciosa páscoa para ti e toda tua familia, beijinhos com sabor de chocolate em

A.S. disse...

Patricia,

O amor desfaz-se no momento em que deixa de haver partilha e cumplicidade!...

Beijos, querida!
AL

Lucas T R Freitas disse...

Interessante a reflexão.

Postar um comentário

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo