terça-feira, 10 de julho de 2012

Sou pessoa inteira em mim.


Ando tão inteira nas minhas certezas, que hoje, vejo que tudo que se perdeu no passado, serviu para edificar as paredes do meu ser...
A saudade ainda existe, a falta do cheiro ás vezes aparece. Mas, tudo isso dura segundos, guardo e enfeito com laço... isso mesmo... laço, pois foi bom recordar, só que agora sou pessoa inteira em mim.

Patrícia Rocha


8 Estão no mundo da lua:

Reinatoo/facebook.com.br disse...

A arquitetura essêncial, a de si mesma.

Cheiros nos acometem, mas o vento nos
leva, barco, vela...inteira ao mar!

Mariana Penna disse...

Flor, passando pra deixar um cheiro de boa noite!

RosaMaria disse...

As quedas e as decepções nos fortalecem tanto, que deveríamos ser gratas a elas, mas ficamos cegas pela dor, eu renasci, nós duas renascemos e hoje nos bastamos. Coisa linda de texto. Gosto daqui, me sinto acolhida. Um beijo grande!

Milton disse...

Brilhante!
Se assumir, acima de tudo!
Bjs

Mayra Borges disse...

E não há nada melhor do que juntar todos os retalhos dessa colcha de retalhos que é a vida e ser pessoa inteira em si mesmo. :D

http://www.eraoutravezamor.blogspot.com

A.S. disse...

Dentro do teu peito moram ainda todos os sonhos, todas as emoções, todos os desejos!...


Beijos,
AL

Lufe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lufe disse...

Oi Patricia,

O tempo ensina a quem tem a sabedoria de aprender com ele. Somos unos, inteiros.
Podemos nos emprestar aos outros mas nunca desfazermos de nos mesmos.
A soma mais gostosa que existe é 1+1=2.Sempre!
O dia que 1+1 for igual a 1, alguem perdeu a sua essencia. Triste.
Inteiros podemos apreciar os odores e as lembranças que a vida nos traz, despertarmos a saudade e nos mantermos em pé.

um beijo procê

Postar um comentário

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo