quarta-feira, 23 de maio de 2012

Códigos do amor


Será que tem que haver tantos códigos em uma conquista? 

Não entendo por que hoje é assim: 
-Não demonstre muito sentimento. 
-É capaz de o rapaz fugir. 
-Deixe que ele pense que você não está muito a fim. 
Ah, é tanto jogo, para um só objetivo: amar! 
Não gosto de joguinhos, isso me cansa. Quando eu quero algo (ou alguém) eu falo e ponto. E se vai dar certo, bem o destino dá um jeito. Mas não fico de meias palavras, verdade tem que ser inteira, não existem meias verdades e nem “meios” quereres. 

Desde quando amar virou jogo? Isso é só um sentimento. É tão bom amar, e se deixar amar. Parece que ficou piegas demais esse tal de amor. 
A modernidade desse século o sequestrou, por favor, peça resgate pago o preço que for. 
Amar virou coisa corajosa, de gente corajosa. Não é simples amar, requer muita técnica. 
E seus livros de autoajuda, já não ajudam muito. 

Enfim, isso me preocupa, gosto de escrever sobre o amor, com tudo que ele acarreta, suas saudades, suas dores e alegrias, seu suor... Mas vejo que está na moda ser solteiro, e não é só estado civil que falo, virou tendência, o homem exibe de forma heroica sua solidão, e a mulherada, diz: “antes só do mal acompanhada”. 
Tudo bem, eu acho heroico gostar de estar sozinho, porque eu não gosto. Gosto de companhia, de rotina e, em relação ao antes só do mal acompanhada, tenho minhas dúvidas, do que se refere isso. Nem sempre elas estão se referindo ao mau-caratismo de um homem, às vezes estão falando de beleza. 

Mas cada um tem seu ponto de vista. E o meu é o seguinte: não gosto de estar solteira! Acho muito chato não ter um abraço e um beijo quando eu quero. Gosto de estar acolhida em alguém. Ser porto seguro, andar de mãos dadas, e ter pra quem voltar depois do trabalho. 



Patrícia Rocha

5 Estão no mundo da lua:

Paolla Milnyczul disse...

Penso que amar não é um jogo. Achar alguém que valha a pena amar é.
Mas adorei o texto, é a chamada Guerrinha dos Sexos - faça iso, não faça aquilo. Regrinhas, joguinhos e nhenhenhes. "Aguce a curiosidade, volte,se joga, ligue, não ligue, fale, não fale, bla bla"
Meu conselho? Seja você mesma. Quem estiver a fim de DE VERDADE vai correr atrás.

Parabéns! E boa sorte na procura deste amor que tanto quer!

Paolla

A.S. disse...

Quem não ama não vive... apenas existe!...


Beijos, Pat!
AL

QUIM disse...

subscrevo na totalidade e assino por baixo..bj..boa noite

RosaMaria disse...

O amor não tem regras. O amor não tem roupa. O amor não tem jeito. O amor vem e acontece. Bagunça toda sua vida. Te deixa maluca. Feliz. Triste. Confusa. E mesmo assim... Você se sente completa!

Paty!

Coisa linda teu texto!

Beijo da tua amiga e fã!

Patrícia Rocha disse...

É tanto carinho aqui, por isso que falo e repito esse blog é presente de Deus!

Obrigada amigos!

Kisses Lunáticos!

Postar um comentário

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo