terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Beije-me...

Beije -me como se fosse a última vez.
Abrace-me como se não houvesse amanhã.
E assim sentiras a essência do medo de te perder, de não te ter.

Adoce meus lábios antes que o dia recomece.
E ainda nessa percepção de não existir você sem mim e eu sem você.
Venha me falar da importância desse vão momento, em que pertenço a você e você a mim.


0 Estão no mundo da lua:

Postar um comentário

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo