quarta-feira, 25 de maio de 2011

Coisas pequeninas...

"Tenho aprendido com o tempo que a felicidade vibra na freqüência das coisas mais simples. 
Que o que amacia a vida, acende o riso, convida a alma pra brincar, são essas imensas coisas pequeninas bordadas com fios de luz no tecido áspero do cotidiano."

Ana Jácomo

Lily Alen

7 Estão no mundo da lua:

| A.Luiz.D | disse...

maravilha esse bordado simples,
uma roupinha de bebê!
um convite ao macio.

Lufe disse...

Ana Jácomo sabe mesmo das coisas.
A trama rustica e aspera do cotidiano é mesmo abrandada, amaciada, colorida e iluminada pelas luzes e cores das pequenas alegrias, dos pequenos gestos, um sorriso, um olhar....
A magia esta no perceber, no sentir,no valorizar...

bjo, minha linda.
Adorei seu comentario no conto. Brigadim.

Long Haired Lady disse...

eu sempre repito que as coisas simples são o que mais precisamos...

Emoções disse...

Poetas, homens da arte em geral.
Foram e sempre serão como uma ponte
Entre o imaginário antigo e o real presente.
Como bons feiticeiros trazem
Ás almas insatisfeitas como que uma porção mágica
Que causa um breve delírio voluptuoso
Um extasiar fugaz, que alivia os ais,
Dos inconformados com a realidade contemporânea.
Todavia seu ungüento não dura mais que alguns instantes
Seu efeito curador se converte em um maior pesar
Maior que a dor atroz do passado.
Portanto, dou um conselho aos amantes das belas artes.
Não dêem ouvidos aos artistas do presente
Sejam vocês mesmos uma ponte e o viajante
Para ir ao mundo da pura arte...
Vão ao encontro do elixir da eterna melancolia
Na fonte, na sua origem, onde jorra com perfeição,
Tanto o bem, quanto o mal dos seus sublimes criadores.

Lucas T R Freitas disse...

A simplicidade costuma ser a realidade.

Fernand's disse...

ahhh, como eu amo as coisas simples.


:D

Patrícia Rocha disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo