domingo, 29 de maio de 2011

Viro querubim!

"Basta as penas que eu mesmo sinto de mim
Junto todas, crio asas, viro querubim
Sou da cor do tom, sabor e som que quiser ouvir
Sou calor, clarão e escuridão que te faz dormir
Quero mais, quero a paz que me prometeu
Volto atrás se voltar atrás assim como eu.
"

O Teatro Mágico



3 Estão no mundo da lua:

Sr. Lunático disse...

Lindo! - obra de arte em escrita.

Ventura Picasso disse...

Querubim é um entidade cheia de segredos - eróticos -
Muito lindo!

Lufe disse...

Eu ainda penso que ao criar asas com nossas penas, devemos empreender um voo livre, não daqueles que nos levem ao passado, mas daquele em que voamos juntos com quem tambem sabe voar.
O voo para tras pode nos desprender esta dadiva e, como Icaro, perdermos a capacidade de voar....

bjo

Postar um comentário

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo